Caminhão Mitsubishi Minicab Kei

Produzido na década de 1960 até agora, o Mitsubishi Minicab Kei Truck está em sua sexta geração. O veículo estabeleceu-se como uma escolha privilegiada para uso rural e urbano. Isso se deve principalmente ao seu pequeno tamanho. Capaz de navegar até mesmo nos menores espaços, o Mitsubishi Minicab Kei Truck oferece soluções que os caminhões de tamanho normal não conseguem resolver. Qual geração é certa para você? É a geração mais velha ou a nova? Continue lendo para saber mais sobre a geração anterior, os anos 80 e 90, e a atual sexta geração.

Caminhão Mitsubishi Mini Kei para a geração 2021.

A geração mais antiga do Mitsubishi Mini Kei Truck

A geração mais antiga do Mitsubishi Minicab Kei Truck inclui a primeira, segunda e terceira gerações. Em 1966, a picape minicab foi introduzida no mercado. Este tinha um motor de dois tempos. Era pequeno, leve e fácil de dirigir. No entanto, as atualizações foram feitas em 1968. Eles incluíram o lançamento da primeira van Mitsubishi Minicab Kei. O design da van manteve o design da cabine frontal do caminhão, mas adicionado à cobertura de metal da caçamba.

Os modelos de segunda geração foram introduzidos em 1972. A principal diferença entre os modelos de primeira geração e o modelo de segunda geração era um novo interior e uma área de carga mais longa. Ao contrário dos modelos da primeira geração, a segunda geração do Mitsubishi Minicab Kei Truck foi oferecida apenas na forma de caminhão. O novo modelo incluiu um novo sistema de suspensão. Além disso, uma cama lateral padrão e rebatível foi adicionada. Os modelos de segunda geração são oferecidos em Standard, Deluxe e Super Deluxe.

A geração de transição da terceira geração

Entre a segunda e a quarta geração, uma mudança substancial ocorreu no caminhão Mitsubishi Minicab Kei. Primeiro, foi introduzido um motor maior. Este era um 471cc, ao contrário das gerações anteriores. Porque tinha motor de 28 CV. Embora tenha havido uma mudança no segundo modelo para incluir a tecnologia Mitsubishi MCA, o motor não incluía uma correia dentada. Os modelos de terceira geração têm correias dentadas após 1981. Antes desse ano, o motor permanece como a segunda geração. Com o novo Mitsubishi Minicab Kei Truck, há um aumento na potência. No entanto, não foi apenas o motor que viu as mudanças. Os modelos de terceira geração incluíam descongeladores para o pára-brisa, caixas de console e AC.

Caminhão Mitsubishi Mini Kei da quarta geração.

Caminhão Mitsubishi Mini Kei dos anos 80 e 90

Na década de 80, foi lançada a quarta geração do caminhão Mitsubishi Mini Kei . No passado, as mudanças concentravam-se principalmente na potência e no desempenho. Com os modelos mais novos foram orientados mais para o lazer e diversão do veículo. Isso foi feito adicionando recursos como faróis angulares, limpa-vidros e um portão de travamento traseiro eletrônico. As minivans de quarta geração também são as primeiras a oferecer uma marquise deslizante e um teto alto disponível. Em termos de potência e desempenho. Houve algumas atualizações no modelo. Principalmente, a quarta geração do Mitsubishi Mini Kei Truck incluía opções para um motor sobrealimentado.

Dimensões aumentadas e regulamentações tributárias levadas em consideração no modelo de quinta geração. A quinta geração começou em 1991. Ele oferece um veículo maior. Embora ainda esteja em conformidade com a aparência do Mitsubishi Mini Kei Truck, o novo modelo se expandiu para se parecer mais com os carros modernos. O motor também foi substituído na quinta geração por um motor de 660 CC. Com a quinta geração, o telhado alto foi descontinuado.

A sexta geração, ou a série U60

O modelo atual do caminhão Mitsubishi Mini Key é a sexta geração, também conhecido como série U60. Esta série possui muitos recursos que não são vistos nos modelos anteriores. Primeiro, você percebe que há um design redondo e mais elegante na parte frontal. O acabamento é oferecido em vários pacotes, todos com design envolvente. Os recursos da guarnição variam e incluem:

  • TL – uma opção de transmissão automática e ar condicionado.
  • TD- é a opção de acabamento básico e oferece direção hidráulica e um rádio AM
  • TS – considerado o acabamento inicial e foi aprovado como um veículo importado para uso off-road.

Por isso, lembre-se de que o uso off-road pode ser dispensado em certos estados, dependendo do uso pretendido. Por exemplo, os caminhões Kei podem ser usados no estado da Geórgia se o veículo for destinado ao uso agrícola. Além disso, os estados permitem os caminhões Kei com base no ano em que foram feitos. Verifique com seu imposto local e registro para obter mais informações.

Mais recursos na geração atual

Além das opções de acabamento e atualizações do motor, há várias mudanças de direção e lazer no Mitsubishi Mini Kei Truck de sexta geração. Recursos nos modelos de sexta geração incluem direção hidráulica, transmissão automática, 4WD, bloqueio do diferencial, airbag do motorista, airbag do passageiro, ABS, ar condicionado, cama basculante e elevador da porta traseira.

Há uma versão van da sexta geração que é chamada de Town Box. Este minicab está em conformidade com a estética do vagão das gerações anteriores, ao mesmo tempo que se integra com estilos modernos. A van, como a maioria das gerações, tem portas de correr e tetos altos. A geração atual possui faróis maiores e recursos de segurança adicionais.

Qual caminhão Mitsubishi Minicab Kei você deve comprar?

Cada geração do Mitsubishi Minicab Truck tem algo único para o proprietário. Quer esteja à procura de um look vintage ou precise de algo pequeno e fiável para o seu negócio ou uso pessoal, um camião Kei pode ajudar. Os compradores devem observar que a importação de modelos com menos de 25 anos pode ser um pouco problemática se destinada ao uso em estradas. Modelos com mais de 25 anos tendem a se dar bem. Portanto, é recomendável que quem deseja importar modelos escolha um Caminhão Mitsubishi Mini Kei da primeira à quarta geração. Se você deseja comprar um caminhão Kei da quinta ou sexta geração, é altamente recomendável que você verifique com o seu estado, bem como com os fiscais locais e com os escritórios de registro para encontrar os regulamentos atualmente em vigor.

Mitsubishi Minicab Kei Truck

Produced in the 1960s to now, the Mitsubishi Minicab Kei Truck is in its sixth generation. The vehicle has established itself as a prime choice for both rural and urban use. This is primarily because of its small size. Able to navigate even the smallest of spaces, the Mitsubishi Minicab Kei Truck offers solutions that full-sized trucks cannot solve. Which generation is right for you? Is it the older generation or the new? Read on to find more about the older generation, the 80s and 90s, and the current sixth generation.

Mitsubishi Mini Kei Truck for the 2021 generation.

The older generation of Mitsubishi Mini Kei Truck

The older generation of Mitsubishi Minicab Kei Truck includes the first, second, and third generations. In 1966, the minicab pickup was introduced into the market. This had a two-stroke engine. It was small, lightweight, and easy to drive. However, updates were made in 1968. They included the launching of the first Mitsubishi Minicab Kei van. The van’s design kept with the front cab design of the truck, but added to the metal bed covering.

Second generation models were introduced in 1972. The major difference between the first generation models and the second generation model was a new interior and a longer cargo area. Unlike the first generation models, the second generation of the Mitsubishi Minicab Kei Truck was only offered in truck form. The new model included a new suspension system. Also, a standard and drop side bed was added. Second generation models are offered in Standard, Deluxe, and Super Deluxe.

The transitional generation of the third generation

Between the second and the fourth generation, a substantial change occurred in the Mitsubishi Minicab Kei truck. First, there was a larger engine introduced. This was a 471cc as opposed to the older generations. Because it had the 28PS engine. Although there was a change in the second model to include the Mitsubishi MCA technology, the engine did not include a timing belt. The third generation models have timing belts after 1981. Prior to that year, the engine remains as the second generation. With the new Mitsubishi Minicab Kei Truck, there is an increase in horsepower. Yet, it is not just the engine that saw changes. Third generation models included defrosters for the windshield, console boxes, and AC.

Mitsubishi Mini Kei Truck from the fourth generation.

The 80s and 90s Mitsubishi Mini Kei Truck

In the 80s, the fourth generation of the Mitsubishi Mini Kei truck was introduced. In the past the changes were primarily focused on the power and performance. With the newer models were oriented more to the leisure and enjoyment of the vehicle. This was done by adding features such as angular headlamps, window wipers, and an electronic rear locking gate. The fourth-generation minivans are also the first to offer a sliding sunroom and an available high roof. In terms of the power and performance. There were a few upgrades to the model. Primarily, the fourth generation of the Mitsubishi Mini Kei Truck included options for a supercharged engine.

Increased dimensions and tax regulations factored into the fifth generation model. The fifth generation began in 1991. It offers a larger vehicle. While still conforming to the look and feel of the Mitsubishi Mini Kei Truck, the new model expanded to be more like modern cars. The engine has also been replaced in the fifth generation with a 660 CC engine. With the fifth generation, the high roof has been discontinued.

The sixth generation, or the U60 series

The current model of the Mitsubishi Mini Key truck is the sixth generation, also known as the U60 series. This series has many features which are not seen in the previous models. First, you notice that there is a rounder and a sleeker design to the front end. The trim is offered in various packages, all of which have around design. Features on the trim vary and include:

  • TL – an automatic transmission option and air conditioning.
  • TD- is the base trim option and offers power steering and an AM radio
  • TS – considered the entry level trim and has been approved as an imported vehicle for off road use.

Because of this, keep in mind that the off-road use may be waived in certain states depending upon the intended use. For example, Kei trucks can be used in the state of Georgia if the vehicle is intended for agricultural use. Also, states allow for Kei trucks based on the year in which it was made. Check with your local tax and registration for more information.

More features on the current generation

Apart from the trim options and upgrades to the engine, there are several driving and leisure changes to the Mitsubishi Mini Kei Truck sixth generation. Features on the sixth generation models include power steering, automatic transmission, 4WD, diff lock, driver airbag, passenger airbag, ABS, air conditioning, dump bed, and tailgate lifter.

There is a van version of the sixth generation which is called the Town Box. This minicab conforms to the wagon aesthetic of prior generations while at the same time integrating with modern styles. The van, as with most generations, has sliding doors and high roofs. The current generation has larger headlights and additional safety features.

Which Mitsubishi Minicab Kei Truck should you buy?

Every generation of Mitsubishi Minicab Truck has something unique to the owner. Whether you are looking for a vintage look, or need something small and reliable for your business or personal use, a Kei truck can help. Buyers should note that importing models which are less than 25 years old may prove to be slightly problematic if intended for on road use. Models which are older than 25 years old tend to do well. Therefore, it is recommended that those wishing to import models choosing a Mitsubishi Mini Kei Truck from the first to the fourth generation. If you wish to purchase a Kei truck from the fifth or sixth generation, it is strongly recommended that you check with both your state as well as local tax and registration offices to find the regulations currently in place.